sábado, 13 de janeiro de 2018

NÃO PODE PARAR

Dodge reforça equipe da Lava Jato na PGR com procurador do Paraná

Alessandro José Fernandes atuava em investigações eleitorais no estado. Grupo foi criado em 2015 por Rodrigo Janot e agora conta com 11 membros.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, escolheu o procurador da República Alessandro José Fernandes, que atua no Paraná, para reforçar o grupo de trabalho de procuradores que atuam nas investigações sobre políticos na Operação Lava Jato.
A portaria designando o procurador foi publicada nesta sexta-feira (12) no “Diário Oficial da União”. Com isso, a equipe de investigadores da PGR nos inquéritos do caso que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF) passa a contar com 11 membros. São eles:
  • Raquel Branquinho Pimenta Mamede Nascimento (Secretária da Função Penal Originária no STF)
  • José Alfredo de Paula Silva (Coordenador)
  • Alessandro José Fernandes de Oliveira
  • Galtienio da Cruz Paulino
  • Hebert Reis Mesquita
  • Jose Ricardo Teixeira Alves
  • Luana Vargas Macedo
  • Marcelo Ribeiro de Oliveira
  • Maria Clara Barros Noleto
  • Pedro Jorge do Nascimento Costa
  • Victor Riccely Lins Santos
O grupo de trabalho foi criado em 2015 pelo antecessor de Dodge na PGR, Rodrigo Janot, que apresentou ao STF a primeira leva de pedidos de inquérito sobre políticos suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras.
Originalmente, a equipe contava com 10 membros do Ministério Público; da formação original, só permaneceram Maria Clara Barros Noleto e Pedro Jorge do Nascimento Costa.
Segundo a assessoria da PGR, embora passe a integrar o grupo da PGR, Fernandes também continuará atuando na Procuradoria da República no Paraná. No estado, ele exerceu até 2016 o cargo de procurador regional eleitoral, responsável por investigações em disputas eleitorais.(Por Renan Ramalho, G1, Brasília)

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário